Siga nas redes sociais

Search
Foto: divulgação.

Startup de rastreamento genético abre negociação com investidores anjos e quer atingir 300 mil usuários por ano

Criada pelo empresário Luís Fernando Câmara, a Viplen Saúde, startup de Ribeirão Preto que atua com rastreamento genético com foco na longevidade do usuário, já está negociando um aporte de R$ 9 milhões com investidores anjos.

Através da plataforma, que inicia a operação em três meses, o usuário consegue identificar sua predisposição a doenças através de testes genéticos, nutri genéticos, teste de telômeros e de microbioma intestinal.

“A ideia é ajudar os usuários a identificarem possíveis doenças, antes delas se manifestarem, de forma que  o usuário não espere ficar doente para buscar atendimento médico, mas que consiga identificar e cuidar do seu corpo, atingindo uma maior longevidade, principal foco da startup”, explica o empresário.

Ele, que inicialmente investiu R$ 1 milhão em capital próprio, destaca que a plataforma trará especialistas em saúde para teleconsultas, apoio nutricional, entre outros serviços.

O usuário ainda receberá um suplemento à base de lithothamnium, uma alga com 72 sais minerais biodisponíveis e biocompatíveis, que auxiliará na reposição de nutrientes no organismo.

“A previsão é implantar nos próximos três meses a operação da plataforma, mas o usuário já pode entrar em contato, para a pré-venda de um dos combos saúde do nosso site. O objetivo é atingir 300 mil assinantes por ano”, conta.

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Bud

Bud planeja dobrar faturamento do negócio

Empresa divulga nova marca e quer dobrar faturamento

Monica-Ferreira

Como driblar a escassez de mão de obra em TI?  

Receba notícias no seu e-mail