Siga nas redes sociais

Search
Foto: divulgação

Empresa risca o currículo do seu processo seletivo

A inovação compõe o DNA das startups com o desenvolvimento e implantação de ferramentas que aliam cultura de aprendizagem às necessidades do negócio, prioridade das empresas de tecnologia em um mundo cada vez mais digital.

Nesse cenário, a Foregon busca atrair profissionais conectados com sua cultura, sem o recebimento de currículos.

A atração de talentos é feita em diferentes frentes e formatos que abrange desde estagiários até as cadeiras mais estratégicas.

“O protagonismo da escolha de carreira está em cada candidato ou candidata e não no departamento de pessoas. Levamos muito a sério a frase: a pessoa certa na vaga certa! São os talentos que se conectam com a cultura e valores da empresa e decidem fazer parte do nosso time. Sentimos o vínculo no início de cada etapa. É um jeito divertido e individualizado de aprender”, destaca Janaina Peroto, gestora de talentos humanos.

Os candidatos podem se inscrever nas vagas no próprio portal. Em apenas um clique a pessoa tem acesso a todas as informações da cadeira e da área, incluindo atividades, responsabilidades e conhecimentos esperados. Todos os perfis são analisados e feedbacks são enviados, independente da etapa da candidatura.

No ano passado foram cerca de 500 inscrições que resultaram em 115 conversas e 23 contratações.

A expectativa da empresa para este ano é crescer 300% e, para isso, cerca de 40 vagas ainda devem ser preenchidas ao longo deste ano.

“Investir em talentos é uma maneira de contribuir com o desenvolvimento e manter bons profissionais por meio de trocas constantes. Este ano quase que dobramos o nosso quadro de pessoas e a expectativa para o próximo ano é continuar crescendo na mesma escala do negócio”, cmoplementa Gustavo Marquini, CEO da empresa. 

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Empresa divulga nova marca e quer dobrar faturamento

nordvpn

O que acontece com os dados na web depois que alguém morre?

edson-de-paula

Porque as competências socioemocionais estão ligadas ao profissional do futuro

Receba notícias no seu e-mail