Siga nas redes sociais

Search

Como reduzir o turnover e reter bons executivos

As fronteiras para o trabalho se dissolvem cada vez mais com a possibilidade da execução das tarefas de forma remota.

Segundo o Relatório Anual de Tendências de Trabalho, da Microsoft, a oferta de vagas remotas cresceu 5 vezes no LinkedIn desde o começo da pandemia.

Já o tempo das reuniões semanais via Teams aumentou 148% segundo a empresa, o que comprova a aderência dos usuários às reuniões virtuais.

Seguindo a tendência, o regime de trabalho (presencial, remoto ou híbrido) consolida-se cada vez mais como um fator determinante para a permanência de um executivo(a) no cargo.

Para não ver os postos mais altos da companhia vazios e a elevação do turnover, os RHs precisam precaver-se para proporcionar às lideranças os benefícios mais coerentes com seus anseios e com o mercado.

A seguir, confira as alternativas mais eficazes para reduzir o turnover entre líderes no curto prazo e retê-los:

Forneça oportunidades para movimentos laterais de trabalho

Líderes com carreiras de sucesso têm a característica comum de serem pessoas que não estacaram no trabalho. Em geral, são pessoas dinâmicas, que encabeçaram evolução e mudanças em seus postos. Para estes membros, é essencial oferecer oportunidades de desenvolvimento, como cursos sob demanda, além de benefícios compatíveis com os resultados auferidos e plano de carreira.

Executivos(as), em geral, têm a preocupação de fortalecer sua base de conhecimento e habilidades. Oferecer oportunidades de aprendizado por meio do estudo formal, como cursos, ou via programas de desenvolvimento de lideranças ajuda a aumentar o engajamento dos líderes.

Como resultado, estes profissionais buscam aplicar os conhecimentos dentro da própria companhia. Para alguns, uma boa oportunidade pode ser a troca de experiências com outras frentes de atuação dentro da empresa, possibilitando movimentos laterais de trabalho que solidificam a cultura da companhia e permitem a integração entre seus principais agentes. 

Promova eventos corporativos

Eventos organizados pela empresa promovem interações que não seriam comuns no dia a dia. Para as lideranças, tais eventos têm o potencial de serem espaços frutíferos para um bom networking.

Dentre as áreas mais afetadas pela alta do turnover, a tecnologia da informação se destaca. Para estes profissionais, um modelo de evento que pode ser proveitoso é o hackathon. O hackathon é uma maratona de programação na qual programadores e profissionais da informação se reúnem por horas ou até semanas para solucionar problemas de programação ou trazer à luz novas ideias.

Em muitas organizações o evento é feito no formato de competição, onde times apresentam suas propostas e são avaliadas pelo corpo diretivo ou profissionais sênior da área. Esta iniciativa, além de trazer inovação para a empresa, pode ser usada como forma de processo seletivo para novos membros da companhia.

Eventos que acionam o espírito colaborativo, criativo e de troca de informações fortalecem a cultura empresarial, além de estimular conexões pessoais mais fortes – algo primordial entre membros do conselho executivo. Com mais integração entre os agentes do conselho e um ambiente profícuo para trocas, turnover tende a diminuir.

Ofereça opções de trabalho remoto

Companhias que possibilitam mais autonomia dos líderes refletem um espírito mais flexível. Atualmente, a busca por trabalho que permita a execução remotamente é um dos critérios que podem ser decisivos para a retenção de um bom executivo(a) em qualquer uma das camadas da empresa.

Entre os CEOs a demanda por expedientes menos ligados ao presencial também acontece e a alta do turnover pode estar relacionada a adoção de um modelo 100% presencial da empresa, o que denota uma cultura engessada e desligada das práticas mais recentes do mercado de trabalho.

Oferecer modelos de trabalho híbridos ou remotos reflete em qualidade de vida para o profissional, aumento das possibilidades de onde residir e maior domínio sobre a própria agenda.

Fundamentalmente, a cultura organizacional é mais importante do que a compensação salarial na hora da retenção dos executivos. Não recompensar o desempenho ou promover oportunidades de aprimoramento pode custar o preço de afugentar os executivos(as) mais valiosos de uma empresa.

Os líderes de RH podem entender e abordar os elementos da sua cultura organizacional que estão ocasionando altas taxas de turnover e fazendo com que os líderes prefiram buscar outras empresas para atuar.

A Evermonte é especialista em desenvolver e aplicar processos seletivos para posições de alta liderança com confiabilidade e precisão para que o executivo seja encontrado e permaneça em seu cargo. Entre em contato e saiba mais.

LEIA TAMBÉM: 3 tendências de recrutamento executivo para 2022

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Empresa divulga nova marca e quer dobrar faturamento

nordvpn

O que acontece com os dados na web depois que alguém morre?

edson-de-paula

Porque as competências socioemocionais estão ligadas ao profissional do futuro

Receba notícias no seu e-mail