SP4CE investe R$ 150 mil e vai levar blockchain para comunidades carentes

A SP4CE, empresa brasileira especializada no segmento de blockchain games, investiu R$ 150 mil em um projeto que vai formar pessoas de baixa renda e moradoras de comunidades em São Paulo, Ceará e Rio de Janeiro, para atuarem e entenderem o mercado de blockchain.

O objetivo da ação é fazer com que essas pessoas aprendam como funciona o universo das criptomoedas e possam utilizar os conhecimentos adquiridos para conquistar novas oportunidades no mercado.

“Criamos a SP4CE porque a blockchain mudou a minha vida e acredito que ela também pode mudar a vida de outras pessoas. A blockchain precisa ser de conhecimento de todos, por esse motivo, vamos impulsionar esse movimento para o maior número de pessoas no Brasil”, destaca Heloísa Passos, CEO da empresa.

A formação da empresa também levará aulas de educação financeira, economia criativa e tecnologia aos alunos.

O projeto é voltado para maiores de 18 anos em vulnerabilidade social. Até o final do ano, a projeção é que mais de 1 mil famílias sejam impactadas com o projeto.

“Queremos construir ambientes dentro das favelas para que as pessoas possam ter essa troca de conhecimento e oportunidade, com acesso à internet, dispositivos e infraestrutura para entrarem na web3”, afirma João Angeli, CMO da SP4CE.

O projeto terá início na última semana de abril, os interessados poderão se cadastrar através das associações das comunidades participantes.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais