Siga nas redes sociais

Search
Foto: divulgação.

Rúmina levanta R$ 25 milhões para levar inteligência artificial para o campo

Beatriz Bevilaqua

Beatriz Bevilaqua

Jornalista do ecossistema de startups

A Rúmina, de Belo Horizonte, que já atende 7 mil fazendas de leite e corte no Brasil, Uruguai e Argentina, fechou uma rodada Série A de R$ 25 milhões liderada pela Barn Investimentos, com participação da Indicator Capital, que juntas estão investindo R$ 17 milhões. O valor restante da rodada está sendo complementado por outros fundos de venture capital nacionais, internacionais e um grupo de investidores-anjo.

O aporte servirá para acelerar ainda mais o crescimento da plataforma e a penetração da Rúmi, a inteligência artificial da empresa, que já vem ajudando milhares de fazendas na sua gestão, detecção de doenças, tomada de crédito e rastreabilidade da produção.

“Temos a maior e mais relevante base de dados sobre a cadeia da pecuária brasileira e nossos serviços contribuem para a melhoria da eficiência produtiva de milhares de fazendas de todos os tamanhos. Com o investimento, poderemos consolidar ainda mais nosso crescimento ampliando a gama de soluções que vão impactar positivamente o setor, de forma sustentável”, destaca Marcelo Ferreira, cofundador da empresa.

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Grupo Boticário abre inscrições para acelerar startups do varejo e beleza

InvestPlay, que atua com open finance, recebe aporte de R$ 3,3 milhões

Em meio à ebulição global, a agenda ESG é urgente: 5 startups que possuem iniciativas sociais

Receba notícias no seu e-mail