Dia da Indústria: como o setor cervejeiro impulsiona economia brasileira

Nesta quarta-feira, 25 de maio, é o dia de lembrar e valorizar a indústria, um dos setores mais importantes para o crescimento do país e que representa 22,2% do Produto Interno Bruto (PIB), segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

E como não poderia ser diferente, o setor cervejeiro aproveita a ocasião para destacar seu compromisso com o desenvolvimento do país.

A relevância da cerveja não está apenas no coração dos brasileiros, mas também em sua contribuição direta na geração de empregos, renda e tributos, além de trabalhar de forma integrada a diversos setores como varejo, agronegócio, logística, serviços, entre outros.

Em números, o setor cervejeiro representa 2% do PIB e contribui com mais de R$ 25 bilhões em impostos. É responsável também por mais de 2 milhões de empregos diretos, indiretos e induzidos e por uma massa salarial de R$ 27 bilhões.

A cadeia, que abrange mais de 1,2 milhão de postos de vendas espalhados por todo o país, bares e restaurantes, mercados de embalagens e logística e uma frota de aproximadamente 40 mil veículos até chegar ao lar dos brasileiros.

“O setor cervejeiro é um multiplicador de empregos. Para se ter uma ideia do que estamos falando, estudo realizado em 2019 pela Fundação Getúlio Vargas para o SINDICERV revela que, a cada emprego em uma cervejaria, outros 34 novos postos de trabalho são criados na cadeia produtiva”, explica Luiz Nicolaewsky, superintendente do Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (SINDICERV).

O Brasil é o terceiro maior produtor de cerveja do mundo, atrás da China e dos Estados Unidos, com uma produção anual de mais de 14,3 bilhões de litros.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais