Startup capta R$ 7 milhões para acelerar expansão de solução que garante moradia a informais e negativados 

Quase 100 milhões de brasileiros, entre negativados, informais, estudantes ou autônomos, têm dificuldade ou simplesmente não conseguem comprovar renda oficialmente, e acabam impedidos de conseguir moradia. No entanto, estas pessoas não têm histórico de deixar de pagar aluguel.

Para atuar nessa dor, nasceu a fintech de impacto social Alpop, há três anos. Depois de ganhar dois dos principais prêmios do setor, a startup de Campinas comandada por Caio Belazzi acaba de receber R$ 7 milhões em rodada privada liderada pela Smart Money Ventures.

“Com este aporte, conexões e suporte integrado da Smart Money Ventures, a gente se abre agora para outro nível de aceleração, com possibilidade de um impacto altamente escalável. Nosso objetivo é um dia ser a maior casa de crédito popular da América Latina, partindo dessa atuação imobiliária”, comenta o empresário.

A empresa já acumula um total de 1.610 contratos ativos em parceria com 129 imobiliárias, espalhadas por 70 municípios de 20 estados.

 A expectativa é atingir R$ 5 milhões mensais ainda neste ano e R$ 15 milhões por mês em 1 ano e meio. 

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais