Tentativas de fraude crescem 9% no 1º semestre, aponta ClearSale

No primeiro semestre, o país registrou mais de 2,8 milhões de tentativas de fraude, de acordo com o Mapa da Fraude, da ClearSale, empresa especialista em soluções de prevenção e gerenciamento de risco.

O estudo exclusivo sobre o e-commerce mostra que este número aponta um crescimento de 9% em comparação ao mesmo período do ano passado.

Em valores, o total chega a somar mais de R$ 2,9 bilhões, de acordo com 165 milhões de pedidos registrados no banco de dados da empresa. No comparativo com o último ano, esse número foi quase 10% maior.

Segundo o Head de Estratégia de Mercado da ClearSale, Marcelo Queiroz, os dados refletem o crescimento de vendas no e-commerce, mas de forma retraída, comparado aos últimos anos. No entanto, o ponto de atenção com as fraudes é importante:

“Comparado aos últimos anos, o primeiro semestre de 2022 teve um crescimento de forma mais retraída, e isso já era esperado por conta da desaceleração do e-commerce após o boom que aconteceu devido à pandemia. Mas, essa crescente ainda é sentida e, consequentemente, as fraudes também se evidenciam, visto os crescimentos, tanto de quantidade quanto de valor. Quanto mais brasileiros migram para o varejo digital, maior será a proporção de fraudadores no e-commerce e as empresas precisam atentar-se a isso. Os últimos anos alavancaram a entrada desses novos consumidores. E um dos fatores que eu posso citar para esse aumento é o número de pessoas não digitalizadas ou com pouca experiência em comprar online. Isso tudo aumenta o risco do mercado. Além da questão digital, o fraudador aproveita do contexto social e de motivações emocionais para encontrar brechas. Por isso, as empresas precisam de mais recursos robustos para evitar as fraudes”.

Já entre as categorias que mais sofreram tentativas, estão eletrônicos (9,01%), celular (7,94%) e games (5,65%).

A região Norte (3,34%) segue apresentando o maior índice percentual de tentativas de fraudes sobre a quantidade de transações. Já a região Sul (1,09%), apresenta o menor índice do ranking dos estados.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais