Siga nas redes sociais

Search
Foto: divulgação

Eternit recebe patente verde para fabricar telhas fotovoltaicas

A Eternit, companhia focada no setor de material de construção e líder de mercado no segmento de coberturas, recebeu o registro de patente verde pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) para o processo de fabricação de seu módulo de captação de energia solar, utilizado nas telhas fotovoltaicas da empresa.

Com a tecnologia, agora patenteada, o grupo passa a deter o direito exclusivo de sua exploração comercial no Brasil.

“Essa conquista demonstra não apenas a competência da Eternit, mas a capacidade da comunidade científica brasileira de desenvolver uma tecnologia de ponta e que é motivo de orgulho para nós”, destaca Luís Augusto Barbosa, presidente da Eternit.

Foram cerca de 3 anos de testes e melhorias para que a companhia desenvolvesse um processo de fabricação único no mercado, que permite que o módulo de captação de energia solar seja aplicado sobre suas telhas de concreto e de fibrocimento, obtendo excelente performance mesmo em altas temperaturas.

“Conseguimos desenvolver localmente uma tecnologia adequada ao mercado nacional com materiais brasileiros. Isso também abre a possibilidade de utilização desta mesma tecnologia para outras aplicações para além das telhas”, acrescenta Luiz Lopes, gerente de Desenvolvimento de Novos Negócios da Eternit.

A empresa busca agora a extensão da patente para cerca de 20 países, situados na América Latina, América do Norte, Ásia e Europa.

A ideia é garantir a propriedade intelectual e, potencialmente, licenciar a tecnologia para outros fabricantes e mercados, ampliando suas frentes de negócio.

Compartilhe o conteúdo

Leia também

CEO TOPMIND Sandra Maura

Transformação sustentável: a convergência da digitalização, IA e ESG

Empresa divulga nova marca e quer dobrar faturamento

GrupoRV anuncia expansão para Portugal

Receba notícias no seu e-mail