Siga nas redes sociais

Search
Foto: Guilherme Leporace/divulgação.

CEO da Authen: de engenheiro a desenvolvedor de roupas de performance esportiva

Porque um engenheiro, ex-atleta está desenhando roupas de performance para corredoras? Talvez essa seja a pergunta que vem à cabeça quando conhecemos a história do empreendedor Christopher Spikes, que é fundador e CEO da Authen, primeira marca no Brasil a produzir uma linha de vestuário especializado de corrida para mulheres brasileiras.

Com um olhar apurado, ele viu a oportunidade de melhorar o desempenho esportivo de corredoras brasileiras com peças de boa modelagem e projetadas para que o corpo tenha um menor desgaste. 

Nascido em Michigan, no Estados Unidos, Christopher J. Spikes é formado em Engenharia Mecânica e possui MBA pela University of Chicago Booth School of Business. Já atuou como consultor de Private Equity e General Practice na Bain & Co e foi numa viagem de negócios que o americano encantou-se pelo Brasil.

Após o seu retorno ao país americano, ainda ficou com o desejo de empreender no Brasil. Em 2012, deixou o emprego no país de origem e se mudou para São Paulo, aprendeu o Português e foi diretor geral do site de compras coletivas Groupon, vivência que o levou a conhecer e entender um pouco do mercado e dos hábitos de consumo dos brasileiros. Morou em no estado paulista até 2014, depois foi para o Rio de Janeiro onde criou a Authen.

Sua relação com o esporte vem desde a faculdade, quando fez parte de um dos times mais vitoriosos de futebol universitário da NCAA, o Grand Valley State. E foi também com a vinda dele para o Brasil que Spikes voltou a praticar esportes. Com esse olhar estrangeiro, ele enxergou um espaço no mercado brasiliero.

“Na minha rotina, eu via um crescente interesse das pessoas por corrida de rua e isso me fez ver uma oportunidade de resolver uma necessidade para as mulheres, pois eu via as roupas esportivas não se adequavam as brasileiras, e ao mesmo tempo em aplicar o meu conhecimento em um mercado que é novo no Brasil”. 

Christopher conta que antes da Authen só existiam duas opções de roupa para atividades físicas para as mulheres brasileiras:

“Ou ela comprava de uma marca multinacional de alto desempenho ou de uma marca nacional de fitness com modelagem perfeita e estilo, mas sem desempenho. Não havia uma fusão dessas duas coisas. Não tinha uma marca com alto desempenho adequada para o corpo da mulher brasileira”.

Determinado a criar um vestuário especializado em corrida para melhorar o desempenho esportivo, com tecidos tecnológicos e modelagens especiais, o empresário criou a Authen em 2015: a primeira marca a produzir uma linha de vestuário especializado de corrida para mulheres brasileiras e a única no mundo que projeta roupas para as cinco etapas da corrida como o Marathon Cycle™: treinos de quilometragem base (linha Signature), de longas distâncias (linha Grit), de tiro intervalado (linha Sprint), de musculação (linha fortalecimento) e para recuperar (linha recuperação infravermelho).

Assim, bermudas, tops e leggings com tecnologia de alta compressão, proteção solar e secagem rápida no corpo foram criados.

“Um trabalho construído em parceria com tecelagens do Brasil, com algumas estrangeiras, designers e, principalmente, com a participação da consumidora, que está no centro do desenvolvimento de cada um dos nosso produtos”, ressalta.

Após sete anos, já estão em uma nova geração de produtos com a Authen +7 New Generation para as linhas Signature e a Grit.

A aplicação do design thinking, uma ferramenta que integra habilidades, inovação e a mentalidade das pessoas que estão participando, faz com que a marca entregue produtos que resolvam necessidades específicas e se adequam perfeitamente ao corpo da brasileira.

“Tudo o que fazemos é pensado a partir da experiência delas com os produtos. Com base nas ‘dores’ e desejos que elas nos trazem, nós trabalhamos para criar equipamentos que colaborem com o treino e com a jornada delas na busca da sua melhor versão”, complementa.

Hoje, a Authen segue expandindo a sua presença, no ano passado ela teve um crescimento de 103% comparado ao ano anterior.

Além do e-commerce próprio, a marca está presente em lojas físicas passando de 346 lojas em 2020 para 413 lojas no início deste ano, incluindo grandes nomes como Decathlon, Centauro, Velocità, e as regionais Procorrer, Free Corner, Cadiles e Rhio Store.

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Empresa divulga nova marca e quer dobrar faturamento

Monica-Ferreira

Como driblar a escassez de mão de obra em TI?  

GrupoRV anuncia expansão para Portugal

Receba notícias no seu e-mail