Siga nas redes sociais

sócios-edtech-vendas
Foto: Divulgação

Edtech focada na formação de líderes de vendas cresce 226% no primeiro semestre

A educação a distância e produtos digitais cresceram exponencialmente nos últimos anos. Com isso, a Escola Exchange, edtech que acelera a carreira de líderes de vendas através de treinamentos, mentorias e comunidade, cresceu 120% desde sua fundação, em janeiro do ano passado.

A empresa surgiu após a percepção de que havia um gap na formação de líderes de vendas de alta performance, de acordo com Camely Rabelo, co-fundadora da startup:

“Com nossas vivências na área comercial, percebemos que um líder de vendas era cobrado para ser muito bom em liderança e gestão, mas normalmente acabavam sendo muito bons em somente um dos pilares e não sabiam exatamente como resolver as sombras do perfil. O mercado não oferecia uma formação para desenvolver liderança e gestão em vendas de forma rápida e assertiva. Então, decidimos explorar esse nicho e resolver essa dor”.

Somente no primeiro semestre deste ano, a empresa cresceu 226% nos segmentos B2C e B2B. Ao todo, a escola já formou mais de 6 mil alunos e atendeu empresas como: Reclame Aqui, Faber Castell, John Deere, Sebrae, Thomson Reuters, Contabilizei, Conta Azul e Grupo Malwee. 

“Estamos focados neste segundo semestre no desenvolvimento de uma nova tecnologia para o lançamento de um novo produto, pretendemos expandir o nosso portfólio com novos cursos, melhorar a experiência dos alunos e capacitar cada vez mais profissionais na área comercial”, complementa.

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Jose P Leal Junior

7 razões para a sua empresa ter uma tecnologia de recuperação de desastres

Rafael Kenji Hamada

Como superar os desafios mais comuns para startups na captação de investimento

Helene Romanzini, Wise

A importância da troca empresa-usuário: você já escutou o seu cliente hoje?

Receba notícias no seu e-mail