Siga nas redes sociais

Search
Renato Dias, CEO da Taqe. Foto: divulgação.

Taqe e Diáspora.Black anunciam parceria

A Taqe, plataforma especializada em recrutamento inclusivo e seleção digital, acaba de firmar uma parceria com a Diáspora.Black, startup que atua como um hub de cultura negra promove experiências culturais, sensibilizações e treinamentos como estratégia de team building para empresas.

O objetivo da iniciativa é  promover conhecimento e prática entre os clientes e prospects sobre diversidade na contratação de pessoas.

Essa nova parceria chega para reforçar o trabalho que a HRTech vem fazendo com seus clientes e usuários.

“Há alguns anos, a Taqe oferece ferramentas que viabilizam processos de recrutamento inclusivos. Percebemos que se as empresas não estiverem culturalmente preparadas e conscientes de seu papel na promoção da diversidade, não conseguiremos realizar a mudança que tanto buscamos”, explica Renato Dias, CEO e fundador da Taqe.

De acordo com o empresário, os treinamentos oferecidos pela Diáspora.Black permitirão que gestores e equipes de RH se aprimorem sobre as melhores práticas na promoção da diversidade e assim sintam-se mais confiantes para utilizar a tecnologia a fim de levar candidatos mais diversos  às etapas de entrevistas.

“Nosso algoritmo de triagem permite a atribuição de pesos aos mais importantes critérios de seleção, entre eles aqueles relacionados à diversidade e inclusão. Desta maneira, se assim desejarem, as empresas podem promover processos seletivos que priorizam pessoas negras, por exemplo, no ranking de candidatos, sem abrir mão dos demais critérios.”, complementa.

A parceria é uma oportunidade de qualificar a formação de lideranças e colaboradores com conteúdos e metodologias exclusivas.

“Neste mês, lançamos dois novos treinamentos, sobre Diversidade, Equidade e Inclusão, e sobre Qualidade no Receptivo para Atendimento. São conteúdos em vídeo, totalmente interativos, gamificados e de fácil acesso e compreensão. Levamos para o modelo de e-learning nossa experiência em treinamentos, que associam os conceitos à vivências educativas para valorizar a diversidade cultural dentro das instituições”, explica o fundador e CEO da Diáspora.Black, Carlos Humberto.

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Empresa divulga nova marca e quer dobrar faturamento

nordvpn

O que acontece com os dados na web depois que alguém morre?

edson-de-paula

Porque as competências socioemocionais estão ligadas ao profissional do futuro

Receba notícias no seu e-mail