Siga nas redes sociais

Search
Foto: methaphum/AdobeStock

Black Friday: especialista destaca omnichannel como estratégia para se destacar no varejo

A Black Friday acontece já no próximo mês, em meio a Copa do Mundo, o que impacta diretamente nas expectativas de compra dos clientes.

Segundo pesquisa realizada pela Nielsen sobre as perspectivas do mercado e as tendências dos consumidores para a data, os bens de consumo duráveis, como eletrodomésticos e celulares/tablets representam 59% e 57% da intenção de compras.

A pesquisa também mostrou que 50% dos entrevistados pretendem adquirir algum produto como preparação para o mega evento de futebol.

Trata-se de um oportunidade para os varejistas apostarem em diferentes canais, explorando estratégias omnichannel dentro do varejo físico e online.

“O omnichannel permite que o varejista esteja presente em mais de um canal de venda e proporcione uma experiência diferenciada para o consumidor, explorando as tecnologias disponíveis e planejando estratégias multicanais. Além de fazer o atendimento tradicional daquele cliente que prefere a compra presencial, o lojista também opera de outras formas, dentro dos conceitos do varejo moderno, com opções de entrega, estoque local para atender pedidos online, compra online com retirada na loja e vendas pelo Whatsapp, por exemplo”, explica Juliano Mortari, CEO da VarejOnline, ERP para gestão de lojas, franquias e pontos de venda.

O especialista cita como exemplo o aplicativo VO Closer, da própria empresa, usado para vendas pelo WhatsApp.

Pela solução, é possível divulgar produtos, fazer compras, realizar pagamentos online e retirar o produto em uma loja física.

“As vendas por Whatsapp já deveriam ser uma realidade do varejo, e a pandemia só reforçou essa necessidade, afinal, muitos consumidores investiram mais em compras online. Com a chegada gradual do 5G, o momento é de unir forças e apostar no atendimento multicanal”, sugere.

A Copa do Mundo entra nesse período como mais um estímulo a compra, por isso, é importante os varejistas estarem preparados para atender essa nova demanda.

Será preciso ir além e ter um bom aproveitamento de todas as plataformas disponíveis, explorando as oportunidades do omnichannel para poder manter o crescimento que acontece desde o primeiro semestre.

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Empresa divulga nova marca e quer dobrar faturamento

Monica-Ferreira

Como driblar a escassez de mão de obra em TI?  

GrupoRV anuncia expansão para Portugal

Receba notícias no seu e-mail