Siga nas redes sociais

Search
Gilson Finkelsztain, CEO da B3. Foto: divulgação.

B3 adquire Neurotech e montante pode chegar a R$ 1,14 bilhão

A B3 anunciou hoje a assinatura de contrato que resultará na aquisição da Neurotech, empresa de tecnologia especializada na criação de sistemas e soluções de inteligência artificial, machine learning e big data.

A bolsa brasileira desembolsará na data de fechamento da operação R$ 620 milhões, além de valores de earnout atrelados ao atingimento de determinadas metas de desempenho da companhia nos próximos 4 anos. O montante a ser desembolsado poderá chegar a R$ 1,14 bilhão.

“O nosso objetivo é complementar nossa oferta de produtos de dados e soluções analíticas para o mercado, nas verticais de crédito, riscos e seguros. A aquisição da Neurotech alavanca o potencial de crescimento do negócio de dados e analytics e fortalece nossa estratégia de diversificação, contribuindo para o crescimento além do negócio principal da Bolsa”, destaca o CEO da B3, Gilson Finkelsztain.

A aquisição é um importante impulsionador da estratégia da B3 no negócio de dados e analytics. A atuação integrada com Neurotech e a Neoway traz oportunidades de sinergias em receita e expansão do mix de produtos, potencializando o desenvolvimento de soluções combinadas e de alto valor agregado, além de um aumento significativo da capilaridade de clientes.

“Este anúncio representa um passo enorme para que as decisões baseadas em dados e inteligência artificial se tornem uma maior realidade para diversos negócios no Brasil. Fazer parte do negócio da B3 vai alavancar o crescimento, o alcance e trará mais valor às nossas soluções para clientes, parceiros e sociedade, potencializando seus resultados”, complementa Domingos Monteiro, CEO da Neurotech.

Fundada em 2002 por mestres e doutores em ciência da computação, matemática e inteligência artificial, é uma empresa de soluções analíticas, apoiando decisões de clientes que necessitam da análise de grande quantidade de informações estruturadas e não estruturadas em gestão de crédito, redução de riscos, prevenção a fraudes, e vendas e marketing.

Nascida no Centro de Informática da UFPE, incubada no CESAR (Centro de Estudos e Sistemas Avançados de Recife) e uma das referências do Porto Digital, em Recife, a Neurotech possui atualmente mais de 320 funcionários e tem receita líquida estimada entre R$ 120 milhõesR$ 150 milhões para o próximo ano.

A operação deverá ser apreciada em assembleia pelos acionistas da B3 e depende da verificação de outras condições usuais para esse tipo de transação, incluindo sua aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).  

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Empresa divulga nova marca e quer dobrar faturamento

GrupoRV anuncia expansão para Portugal

Por que a DUIMP é um marco para as importadoras brasileiras? 

Receba notícias no seu e-mail