Turbi levanta R$ 105 milhões e quer dobrar operação de aluguel de carros

A Turbi, empresa de aluguel de carros por aplicativo, captou R$105,8 milhões por meio de emissão de debêntures, em operação coordenada pela XP e que conta com o aporte de ARC Capital e Jive Investments como investidores âncora.

O objetivo é ampliar a atuação da empresa e reduzir os custos da frota em mais de 35%, já que o investimento será revertido para adquirir frota própria, dobrando o número de veículos nos próximos três meses e aumentando a capilaridade para mais de 400 estacionamentos.

O CEO da Turbi, Diego Lira, enfatiza que, com 5 anos de atuação, a locadora, que permite fazer todo o processo de locação pelo celular, já possui mais de 700 mil aluguéis e sua base soma mais de 200 mil clientes.

“Esse aporte marca a mudança de patamar da empresa e colabora para o crescimento sustentável da Turbi nos próximos anos. Assumimos uma nova estrutura que otimiza o capital e melhora a rentabilidade da companhia, criando um track record para as próximas emissões e posicionando a Turbi de vez na rota para um IPO”, comenta.

A empresa oferece uma experiência totalmente digital ao usuário, sem filas e burocracias, mudando o conceito de aluguel de carros no Brasil.

Todo o processo de locação do veículo acontece no smartphone do cliente, do cadastro da CNH até a abertura e fechamento do veículo no local escolhido.

Para o cliente, assim que realiza o cadastro, basta escolher o carro no aplicativo, fazer a reserva e retirá-lo no ponto mais próximo.

Uma vez que o processo é todo digital, a empresa ocupa estacionamentos privados, seguros e com funcionamento 24 por 7, o que viabiliza maior capilaridade e velocidade na abertura de novos pontos.

Para a definição do posicionamento da frota, a empresa utiliza a avaliação da demanda a partir da geolocalização, compondo mapas de calor anonimizados que, combinados com a inteligência desenvolvida pela companhia, indicam onde os veículos devem ser distribuídos.

Ao chegar no ponto, o cliente identifica o veículo reservado e, ao se aproximar do automóvel, o smartphone sincroniza o carro por Bluetooth, viabilizando o comando de abertura, que acontece em poucos segundos e por meio de um simples clique no celular.

Atualmente a empresa está em oito cidades em São Paulo: capital, Guarulhos, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Osasco, Barueri e Taboão da Serra.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...