Siga nas redes sociais

Search
Foto: madedee/AdobeStock

Investimento em startups brasileiras caem 87,8% em fevereiro

Beatriz Bevilaqua

Beatriz Bevilaqua

Jornalista do ecossistema de startups

As startups brasileiras receberam o segundo menor volume de investimentos para o mês de fevereiro desde 2014, segundo o levantamento Inside Venture Capital do hub de inovação Distrito.

A escassez de recursos, por conta da elevação global de juros, tem levado empresas e fundos de investimento a cortar custos ou reavaliar investimentos. Esse cenário, porém, vem privilegiando as operações de fusões e aquisições a apresentarem uma desaceleração mais suave.

Os fundos de venture capital investiram US$ 84,1 milhões no mês, contra US$ 693,6 milhões no mesmo mês do ano passado, o que representa uma queda de 87,8%. Ao todo, foram 19 rodadas, queda de 75% no número de deals na comparação.

As operações de fusões e aquisições mostraram mais resiliência. Foram 11 movimentações no mês contra 14 no mesmo mês do ano passado.

As fintechs, com 3 operações, agtechs, também com 3 e as healthtechs com 2, foram os setores com maior número de transações.

LEIA TAMBÉM: como o investimento em startups deve se comportar este ano?

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Festival Cidade do Futuro terá 20 arenas para debater desenvolvimento do Brasil

Grupo Boticário abre inscrições para acelerar startups do varejo e beleza

InvestPlay, que atua com open finance, recebe aporte de R$ 3,3 milhões

Receba notícias no seu e-mail