Siga nas redes sociais

Search
Foto: zenzen/AdobeStock

Os benefícios da tecnologia para a avaliação psicológica nas empresas

Por Fernanda Buniya, graduada em Psicologia pela Universidade Metodista de São Paulo, especialista em Avaliação Psicológica pelo Conselho Federal de Psicologia e psicóloga da área técnica de pesquisa da Vetor Editora. 

As últimas décadas têm sido assinaladas por transformações nas esferas política, econômica, social e cultural, impulsionadas, em parte, pelo crescimento das Tecnologias da Informação e Comunicação – TICs. As TICs têm ganhado espaço em diferentes contextos, visto as facilidades que proporcionam. Um campo que tem se beneficiado das tecnologias é a Psicologia, sobretudo a avaliação psicológica, que pode utilizar seus recursos para ampliar e qualificar a atuação profissional dentro das empresas.

Dentre as vantagens da informatização à Psicologia, estão a automatização de tarefas mecânicas, como a correção e a conversão de escores de instrumentos, e a consulta a tabelas normativas, reduzindo erros de mensuração e garantindo maior agilidade e confiabilidade ao trabalho do psicólogo.  Ainda, a informatização da aplicação de testes possibilitam um processo avaliativo mais rápido, preciso e seguro.

Benefícios para as empresas

Para empresas, as vantagens da aplicação de testes no formato on-line são inúmeras: ela alcança um número maior de pessoas sem o deslocamento físico do profissional de RH, e pode ocorrer em qualquer lugar do Brasil. Além disso, as pessoas podem fazer o teste de onde estiverem, sem precisar se locomover.

Outro ponto importante é que ela permite a seleção em larga escala, já que os links dos testes podem ser encaminhados a um grande número de pessoas, e as aplicações podem ocorrer de maneira simultânea.

Assim que o avaliado conclui o teste, o resultado é disponibilizado ao profissional, conferindo agilidade e precisão à correção. O psicólogo ou profissional de RH também pode utilizar o recurso da aplicação assistida e realizar o monitoramento audiovisual remoto durante toda a administração do teste. Aqui, psicólogo e avaliado se conectam por uma chamada de vídeo por meio de um canal exclusivo e criptografado.

Com a avaliação on-line, também é possível fazer a gestão de cargos e avaliações, permitindo que os profissionais de RH tenham autonomia para vincular os avaliados aos seus processos correspondentes, como seleção, desenvolvimento e avaliações periódicas.

Atualmente, a população está cada vez mais habituada a utilizar recursos como computador e internet, o que pode ser um motivador nos processos de avaliação. Além de facilitar o controle e a agilidade das correções, evita deslocamentos, ampliando o alcance de atuação do profissional. Hoje, existem algumas ferramentas que buscam oferecer tais benefícios, como a VOL Vetor Online, desenvolvida pela Vetor Editora. 

O uso das tecnologias na prática de psicólogos e profissionais de RH pode contribuir para a eficiência de processos avaliativos dentro das organizações, fornecendo soluções para um mercado que demanda resultados ágeis e assertivos.

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Bud

Bud planeja dobrar faturamento do negócio

Empresa divulga nova marca e quer dobrar faturamento

Monica-Ferreira

Como driblar a escassez de mão de obra em TI?  

Receba notícias no seu e-mail