Siga nas redes sociais

Search
Foto: divulgação.

Dattos quer desenvolver soluções para empoderar analistas financeiros

Na contramão do cenário desafiador imposto às startups nos últimos meses, o ano da Dattos, plataforma para automação de análises financeiras, que recebeu um aporte de R$ 20 milhões em fevereiro, começou acelerado.

Responsável por ajudar grandes empresas na automatização de processos de análise e gestão financeira, a startup traça como metas a seniorização da equipe, o fortalecimento do time de negócios e o desenvolvimento de um software no-code, solução criada com o objetivo de ajudar o analista financeiro a processar e analisar dados de forma mais intuitiva se comparada a plataforma existente.

De acordo com a pesquisa The future of the finance function, o volume de dados está crescendo, pelo menos, 63% ao mês em grandes empresas.

Diante desse cenário, o CEO da empresa, Guilherme Pessoa, argumenta que depender de ferramentas manuais para fazer as análises financeiras torna esse trabalho mais demorado e muito menos seguro. Por isso, segundo ele, as soluções estruturadas têm como objetivo empoderar analistas financeiros e conscientizar profissionais de diversos setores sobre a importância da automação.

O objetivo, de acordo com ele, é impactar todos os profissionais envolvidos na área:

Outro grupo de profissionais que está no radar são os c-levels.

A startup foi lançada no mercado em 2018, mas a trajetória para a sua criação começou em 2011, quando Guilherme Pessoa e Vagner Borges, co-fundadores da empresa, decidiram criar uma fábrica de softwares voltada para instituições financeiras.

Após 3 anos de desenvolvimento do projeto, uma nova demanda surgiu: a conciliação de cartão de crédito por parte de pequenas empresas.

Na época, os empreendedores entenderam que a prestação desse serviço demandava um empreendimento à parte e, por isso, criaram a Confere, startup totalmente focada nesse público.

No ano seguinte, em 2019, a startup recebeu um aporte seed money feito pelos fundos Investtech e GR8 Ventures, investimento que ajudou a empresa a se consolidar no mercado e a conquistar números positivos de crescimento.

Desde 2021, tanto o faturamento quanto o número de clientes crescem de forma constante. Em 2022, o faturamento registrado foi de R$ 9 milhões, aumento de 80% em relação ao ano anterior, e a carteira de clientes dobrou, chegando a 88 clientes. 

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Empresa divulga nova marca e quer dobrar faturamento

Monica-Ferreira

Como driblar a escassez de mão de obra em TI?  

GrupoRV anuncia expansão para Portugal

Receba notícias no seu e-mail