Siga nas redes sociais

Search

Como a gestão e tecnologia são aliadas estratégicas para o varejo?

Foto: divulgação.

Por Wilson Júnior, gerente de produtos do segmento de varejo da ALFA Sistemas.

Entre os setores em constante evolução, está o varejo. Isso porque, diferentemente de outros segmentos, este possui características específicas que demandam, cada vez mais, profissionalismo e atribuição de estratégias eficazes para obter destaque em um mercado competitivo, bem como atender às expectativas dos consumidores. Nesse cenário, é essencial implementar um modelo de gestão eficiente que pode se potencializar ainda mais com o uso da tecnologia.

Em dados gerais, o varejo brasileiro tem mostrado sinais de recuperação nesses primeiros meses de 2024. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), só em abril, houve um aumento de 1,2% nas vendas em comparação ao mês anterior. No comparativo anual, este ano apresentou um crescimento de 2,5% em relação ao mesmo período de 2023.

O resultado desse desempenho tem uma forte relação com a sequência de datas comemorativas que impulsionam fortemente as vendas do setor. Para aproveitar todo o potencial e as oportunidades que são geradas, é essencial que os lojistas se preparem com antecedência e de forma estratégica. E, para isso, a gestão é um pilar fundamental.

Diferentemente de outras áreas, o varejo lida com diversas questões como, por exemplo, a necessidade de controle de estoque, de modo a adquirir, na medida certa, a quantidade de mercadorias para fins de comercialização; levar em conta o perfil do consumidor, ou seja, identificar quais são as tendências de produtos com mais saídas para determinada época; observar quais dias da semana têm maior volume de consumidores e, principalmente, manter presença em pontos estratégicos para o comércio.

Além disso, o setor ainda tem as funções de gerenciar a remarcação de preços; realizar a alocação e transferência de produtos entre lojas; criar categorias das mercadorias e suas grades e pack’s (cor e tamanho), planejar as compras e entregas; e, sobretudo, monitorar o desempenho dos itens por marcas, coleções etc.

Diante das diversas questões que precisam ser analisadas pelo segmento, a tecnologia tem se mostrado uma grande aliada. Afinal, é impossível gerenciar todas as áreas e ter um controle efetivo com metodologias manuais. Sendo assim, o investimento e uso de sistemas de gestão têm sido cada vez mais adotado pelo setor.

No entanto, é importante destacar que nenhuma ferramenta, sozinha, tem o poder de transformar a gestão do negócio. E, em se tratando do varejo, para ajudar nessa jornada, aderir a um software desenvolvido especificamente para atender ao setor é algo extremamente vantajoso.

Atualmente, existem diversas soluções disponíveis no mercado, mas, no ato da escolha, é importante ponderar alguns aspectos. Por exemplo, analisar se é possível otimizar processos de vendas, centralizar dados e informações de todas as unidades da empresa, automatizar tarefas, fazer a gestão integrada de preços e promoções, bem como rastrear pedidos em tempo real.

Uma vez que a ferramenta atenda a todos esses requisitos, o setor estará mais perto de uma gestão estratégica. Por sua vez, é fundamental destacar que, para muitos varejistas, o problema não está, necessariamente, na falta do uso de um sistema, mas na dificuldade em ter uma solução não intuitiva, que dificulta que o varejista tenha uma visão geral do negócio.

Deste modo, investir em um software específico para o setor é uma excelente alternativa, visto que a solução falará a linguagem do negócio, tendo módulos intuitivos e de fácil integração entre os sistemas. Por meio desse recurso, torna-se mais ágil o desempenho do setor, bem como se estimula a melhoria da produtividade, considerando que os colaboradores deixam de fazer tarefas repetitivas que passam a ser automatizadas, e se dedicam a ações estratégicas.

Além disso, é crucial destacar que, para obter um sucesso ainda mais promissor para o segmento varejista, ter o apoio de uma consultoria especializada no setor é mais um diferencial. A equipe pode ajudar a identificar pontos de gargalo do negócio e direcionar o caminho mais assertivo e promissor a ser seguido.

A gestão se configura como um elemento de sucesso para o varejo em diversos aspectos, tanto em datas comemorativas quanto no seu crescimento e fortalecimento. Deste modo, para seu desempenho, é primordial que sejam implementadas práticas gerenciais eficientes, visando o melhor preparo. Até porque, um setor como esse que não pode parar, nada mais justo do que sempre buscar se preparar.

Compartilhe

Leia também

Receba notícias no seu e-mail