5 lições sobre o empreendedorismo feminino para 2022

30 milhões é o número de empreendedoras no Brasil segundo dados do Global Entrepreneurship Monitor 2020

Isso significa que as mulheres já representam quase metade do mercado empreendedor e continuamos avançando.

No entanto, sabemos que muitas vezes esse movimento é feito por necessidade, sabendo o impacto que a pandemia trouxe para muitas famílias.

O empreendedorismo acaba representando então uma forma de conseguir a independência financeira e, pesquisas da Rede Mulher Empreendedora apontam que ao empreender 48% das mulheres ouvidas entre mais de 2 mil conseguiram sair de relacionamentos abusivos e/ou violentos.

Então, o empreendedorismo se torna uma ferramenta poderosa na busca pela segurança e posicionamento das mulheres na sociedade. 

Por isso, separei 5 lições que foram essenciais no meu caminho como empreendedora e que acredito que possa ajudar mulheres que estejam buscando empreender ou que já tem seu próprio negócio para que possamos arrasar este ano, confira abaixo:

TER CONSISTÊNCIA É ESSENCIAL PARA SEU SUCESSO

Muitas pessoas consideram que empreender é sobre ter coragem e grandes feitos, claro, isso também faz parte do jogo, no entanto, meu negócio só conseguiu evoluir quando criei um compromisso comigo mesma de fazer todos os dias as coisas necessárias para o meu negócio.

Quando você está no início e o seu maior compromisso é com você mesma. Muitas vezes vamos postergando as coisas, deixando para depois e  nos frustramos porque nosso negócio não está prosperando da forma com que a gente gostaria. 

Todos os começos são difíceis, mas se você criar uma rotina e for consistente em executar as ações necessárias, isso será um ingrediente chave para decolar  seu negócio. 

BUSCAR CLAREZA DOS SEUS OBJETIVOS E TER METAS DESAFIADORAS

Uma lição que foi muito importante no meu caminho foi saber fazer um bom planejamento das ações a serem realizadas, como metas de vendas, objetivos de negócios, crescimento do time e tantas outras coisas. 

Fazer um planejamento não significa que tudo fica engessado, mas te dá um norte muito claro do que você tem de expectativa versus a realidade do negócio.

Todos os empreendedores que eu conheço acreditam profundamente na sua ideia, mas o quanto essa ideia pode ser transformada em um negócio rentável e com perspectivas de crescimento? 

Isso será essencial para que você possa tomar melhores decisões e realmente compreender os aprendizados ao longo do caminho. 

Também é importante que essas metas não sejam confortáveis e que elas  te forcem a dar um passo além no desenvolvimento do seu negócio para que você possa compreender os seus limites e quão longe você consegue ir de fato.

SABER VENDER NÃO É UMA OPÇÃO

Na minha experiência, se você não souber vender seu próprio negócio você estará em apuros porque por mais que você tenha uma ideia original e que acredita muito nela, se você não for capaz de convencer clientes, colaboradores e parceiros sobre a importância do seu negócio para o mundo, dificilmente ela sairá do papel.

Acredito que seja um ponto crítico porque já conheci inúmeras empreendedoras super talentosas que não davam a devida atenção ao tema, ou consideravam menos glamuroso, ao ponto de falarem para os investidores que seu foco não estava em vendas no momento.

Se você não souber vender seu negócio, quem vai? 

NÃO NEGLIGENCIAR SUAS FINANÇAS

Essa é a lição mais importante que eu aprendi nos últimos tempos e aprendi errando, o financeiro pode ser uma das coisas mais desafiadoras e difíceis de um negócio e, muitas vezes, negligenciamos essa função por não querer encarar a realidade dos fatos até que se torne uma bola de neve e a situação já esteja complicada.

Essa é uma das principais coisas que um fundador precisa saber sobre seu negócio para poder tomar decisões melhores para o negócio. 

Se essa não é sua especialidade busque pessoas de confiança que possam te dar orientações e te ajudar a tomar as melhores decisões e estar preparado para os melhores e piores cenários.

DESISTIR DE AGRADAR TODOS

Para fechar com chave de ouro as lições para 2022 é importante reforçar que quando você se propõe a empreender será uma jornada de aprendizados e você vai errar muito mais do que gostaria, isso pode gerar uma insegurança e fazer você se apoiar na visão de outras pessoas para não cometer os mesmos erros.

No entanto, entrar em um ciclo de duvidar de si mesma e tentar agradar todas as pessoas ao seu redor só vai fazer você se sentir perdida e insatisfeita. 

Empreender, muitas vezes, é solitário. Saber silenciar as vozes ao seu redor e buscar o que você realmente acredita é extremamente necessário, porque por mais que você cometa erros e tome decisões equivocadas, elas estarão pautadas nas suas crenças sobre seu negócio mais do que na opinião de alguém que não está profundamente comprometido e conectado com a empresa.

Espero que essas lições possam servir de reflexão para vocês e desejo coragem para assumir nossa verdade e buscar as coisas que acreditamos este ano! 

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais