Siga nas redes sociais

Search
Foto: divulgação.

Os motivos das startups que acabam falindo

Pablo Neves

Pablo Neves

Advogado de startups, head da Área legal na X-Plan Consultoria.

Ter uma startup não é nada fácil, você empreendedor sabe muito bem disso, e com certeza já ouviu por aí, que mais de 90% das startups acabam falindo.

Os motivos podem ser diversos, mas no final das contas, todas ou quase todas, acabam apresentando motivos muito similares. Aqui estão alguns deles:

NÃO VALIDAÇÃO DO MVP

A maioria dos empreendedores, por falta de conhecimento , acaba por acreditar que logo após o processo de ideação, a primeira solução é contratar um desenvolvedor ou uma equipe, e  investir grande parte do suado dinheiro nisso. 

Mas aqui pode estar o erro, o passo mais prudente e inteligente é testar, e testar de verdade, o MVP. Não terá utilidade alguma gastar 80% do seu orçamento só para desenvolver um aplicativo ou solução web, para depois descobrir que por motivo X ele não funciona.

Inclusive um dos passos importantes, é fazer pesquisa de viabilidade jurídica do seu negócio. As Startups, em sua maioria, trabalham com inovação, com elementos/soluções que vêm para mudar o mercado, mas existem os limites da lei que precisam ser respeitados, não se esqueça disso!

BRIGA ENTRE OS FUNDADORES  E INVESTIDORES 

Tudo fica lindo e maravilhoso até que o dinheiro finalmente começa a entrar em caixa, e é neste momento que as brigas começam. E isso pode acontecer entre os  fundadores ou quando um investidor chega  cheio de exigências.

Fulano começa a achar que merece ganhar mais dinheiro, porque estava na empresa desde a fundação, sicrano acha que merece ganhar mais porque foi ele quem desenvolveu o produto, o investidor acha que tem que  ter o maior lucro porque foi ele que levou o dinheiro. O final disso tudo? Briga por todo lado e a startup acaba falindo porque ninguém se acerta.

Uma solução bem prática para isso, é  a elaboração do acordo entre sócios (que não é o contrato social) onde vai ficar descrito entre os fundadores, qual a obrigação de cada um dentro da empresa que cada um irá receber, e inclusive como pode ser o fim da sociedade.

PROCESSOS E PESSOAS ERRADAS

As startups são feitas de pessoas e para pessoas, logo, todos os envolvidos  precisam ter  competências diferentes. Não vai adiantar você ter uma equipe composta somente por desenvolvedores, e não ter  ninguém pra vender. Não vai adiantar você ter uma equipe de vendas sem nenhum produto para  ser desenvolvido e entregue.

O grande segredo aqui é traçar ferramentas  para que todas as áreas da startup estejam conectadas e falem a mesma língua na medida do possível. Ferramentas como OKR e kanban podem e muito ajudar nisso!

Fica uma dica de ouro: tenha pelo menos uma parte da sua equipe com experiência prévia em trabalhar com startups, isso vai fazer um diferencial gigantesco no seu negócio. Isso porque o modelo do ecossistema de startups é totalmente diferente do mercado tradicional.

E isso pode ser o pulo do gato para fazer sua empresa decolar. Existem vários outros motivos que podem fazer uma startup falir, mas estes são alguns dos principais motivos que explicam essa percentagem tão elevada.

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Transformando resíduos em oportunidades: um bate-papo com a pioneira da biotecnologia

Um paraíso digital chamado Estônia

Receba notícias no seu e-mail