Siga nas redes sociais

Search
Foto: divulgação.

Qual o papel do RH na sustentabilidade?

Redação Economia SC

Redação Economia SC

Tudo sobre economia, negócios, inovação, carreiras e sustentabilidade em Santa Catarina.

Por Inon Neves, vice-presidente sênior da Access Latam.

A sustentabilidade não é um modismo ou uma tendência, é uma responsabilidade que deve ser levada a sério. Ela pode ser definida como a capacidade de atender às necessidades da geração atual usando os recursos disponíveis, sem causar problemas às gerações futuras em atender às suas próprias particularidades.

A sustentabilidade é mais eficaz quando integrada à estrutura estratégica de uma empresa, em vez de criada como um exercício de bem-estar ou uma linha separada em uma tática corporativa. Implementada corretamente, pode impulsionar os resultados financeiros, apoiando o argumento de que os programas ambientais devem ser proeminentes e alavancados para atrair e reter talentos e fortalecer a marca de uma organização.

Não há dúvida de que todos nós temos um papel a desempenhar em viver nossas vidas de uma forma que provoque a sustentabilidade. Nesse sentido, os profissionais de RH têm um papel crítico a desempenhar para garantir que os líderes seniores tenham as ferramentas e o treinamento certo para apoiar suas equipes em uma jornada que promova a sustentabilidade como parte da visão e dos valores corporativos.

Tecnologia a favor da sustentabilidade

Os modelos de trabalho remoto e híbrido oferecem a oportunidade perfeita para mudar fundamentalmente como as organizações pensam sobre sustentabilidade. Permitir que os funcionários trabalhem remotamente algumas vezes por semana não apenas significa que eles podem desfrutar de maior flexibilidade, mas também ajuda as organizações a reduzir drasticamente sua pegada de carbono.

Está claro que a sustentabilidade terá que ser incorporada à forma como as pessoas trabalham. A chegada das tecnologias de nuvem significa que é possível e plausível que os departamentos de RH conduzam grande parte de seu trabalho on-line, tornando todo o processo de recursos humanos sem papel de ponta a ponta.

Diminuir o uso de papel, digitalizar registros e implementar assinaturas eletrônicas não são apenas ecologicamente corretos, como também mais eficientes. Os documentos digitais são mais acessíveis e permitem maior compartilhamento e colaboração. Eles exigem menos espaço de armazenamento físico e ajudam os funcionários remotos a serem mais eficientes com acesso mais fácil aos principais documentos.

Menos papel, mais sustentabilidade

A digitalização do RH pode contribuir diretamente para a adoção de uma estratégia paperless. E esse pode ser o primeiro passo para que o RH contribua para incutir uma cultura de sustentabilidade por toda a organização.

Em média 3% do lucro de uma organização é gasto com papel. Além disso, segundo a consultoria Gartner, cada funcionário gasta cerca de 10 mil folhas de papel por ano. Para completar o cenário desfavorável, 50% do desperdício das empresas está relacionado exatamente com o papel.

Segundo a WWF (World Wide Fund for Nature), é possível reduzir em mais de 20% o uso de papel no escritório, e em alguns casos até eliminá-lo totalmente. Ao migrar diversos processos para o meio digital, como materiais de treinamento, processos de seleção e contratação e documentos dos funcionários, o RH reduz a necessidade de coletar e compartilhar essa papelada.

Cada vez mais, os empregadores estão fazendo com que a sustentabilidade e a responsabilidade social sejam valores fundamentais para seus negócios. Para alcançar metas e compromissos frequentemente declarados publicamente, os líderes seniores contam com um alto nível de envolvimento dos funcionários. O RH tem um papel fundamental nesse processo.

Em resumo, os líderes de RH devem garantir que os sistemas, processos e políticas do setor apoiem a agenda de sustentabilidade. O setor de Gestão de Pessoas continuará na vanguarda como impulsionador da mudança, à medida que as empresas avançam para um futuro ainda mais competitivo, construindo culturas e ecossistemas que impulsionam essa medida.

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Hub InovAtiva apoia 118 empreendedores com mais um ciclo de aceleração

Fundadora do Economia SP recebe prêmio em São Paulo

Arquivei anuncia Thiago Dantas como novo head de geração de demanda e growth

Receba notícias no seu e-mail