Siga nas redes sociais

Search
Foto: divulgação.

As fintechs brasileiras são aliadas do Chat-GPT?

Maria Cristina Kopacek

Maria Cristina Kopacek

CEO e co-fundadora na Idez

Nos últimos meses, foram muitas as discussões e especulações sobre o Chat GPT. Quando falamos sobre sistemas financeiros, há um questionamento sobre como as fintechs brasileiras poderiam se beneficiar do uso dessa inteligência artificial. Ao meu ver, a tecnologia dessa ferramenta pode ser uma aliada valiosa na automatização de processos, redução de custos, melhoria da experiência do cliente, tomada de decisões mais assertivas e eficientes, e também na oferta de serviços personalizados.

De acordo com uma pesquisa feita pela IBM, a adoção global de Inteligência Artificial cresceu de forma constante em todo mundo, com aproximadamente 41% das empresas no Brasil implementando ativamente essa tecnologia em suas operações comerciais. Esse dado reforça que a adoção de IA está em constante crescimento, ainda mais sendo impulsionados pelo Chat GPT.

Se pararmos para analisar mais afundo, acredito que a automatização de processos no mercado financeiro, por exemplo, pode ser otimizada com a utilização do Chat GPT em áreas como atendimento ao cliente, processamento de transações financeiras, análise de riscos, entre outros. Por meio de respostas rápidas e precisas fornecidas pela tecnologia, as fintechs podem reduzir o tempo e esforço envolvidos em tarefas rotineiras e repetitivas, aumentando a eficiência operacional.

Além disso, a inteligência artificial consegue proporcionar uma experiência mais satisfatória com um atendimento mais ágil, conveniente e adaptado às necessidades de cada cliente, o que pode resultar em maior satisfação e fidelidade dos usuários. Outra vantagem é a capacidade de fornecer insights e informações relevantes para a tomada de decisões mais assertivas e eficientes por parte das fintechs. Com a análise de dados em tempo real, é possível ajudar na identificação de padrões, tendências e oportunidades de negócios, auxiliando nas estratégias de crescimento e desenvolvimento das fintechs.

Por fim, é importante ressaltar que a implementação dessa novidade nas fintechs deve ser feita de forma cuidadosa, considerando questões de segurança, privacidade e compliance regulatório. É fundamental garantir a proteção dos dados dos clientes e seguir as normas e regulamentações aplicáveis ao setor financeiro.

Compartilhe o conteúdo

Leia também

Importância de automatizar o split de pagamento no varejo

O crescimento dos serviços por assinatura: uma nova era de conveniência e personalização

Crescimento de pagamentos digitais impulsiona economia no Brasil: O que esperar para o próximo semestre?

Receba notícias no seu e-mail